Não há dúvidas de que beber uma boa cerveja é um dos grandes prazeres da vida.

Mas degustar uma cerveja com atenção, seguindo um passo-a-passo ordenado, pode ser uma experiência divertida, surpreendente e ainda mais prazerosa.

Confira aqui como degustar cerveja em 4 passos!

como-degustar-cervejas-em-4-passos
Vale a pena promover uma degustação em grupo. Assim é possível degustar uma variedade maior de cervejas em uma sessão.

Preparativos para uma degustação de cervejas

  • Boas cervejas
  • Taças ou copos limpos
  • Tempo de sobra
  • Um ambiente arejado e livre de aromas fortes
  • Bloco de notas + caneta ou lápis
  • Boa companhia (opcional, mas recomendado)

Passo-a-passo: Como degustar cerveja

    como-degustar-cerveja-em-4-passos_1

  1. VISUAL: Este é o primeiro passo. Após servir, observe três itens: cor, brilho e espuma. A cor da cerveja pode variar do amarelo-palha ao preto, seu brilho pode variar de límpida, levemente turva até completamente turva. E entre as características da espuma pode-se avaliar a quantidade formada, cor, cremosidade, tamanho das bolhas e persistência.
     
    Dica: Não menospreze a espuma! Ela é um ótimo indicativo da qualidade e saúde da cerveja.
  2.  

    como-degustar-cerveja-em-4-passos_2

  3. AROMA: No segundo passo, gire a taça ou copo para liberar os aromas da cerveja. Aproxime seu nariz e de uma boa “fungada”. Aqui é interessante perceber a intensidade e complexidade dos aromas. O que eles evocam? Frutas, Madeira, Cereais… aqui a lista é imensa. Lembrete: grande parte da sensação de sabor vem do olfato.
     
    Dica: Quanto maior o seu repertório de referências, mais fácil será identificar os aromas presentes nas cervejas. Procure prestar atenção nos aromas de frutas, ervas, flores, especiarias, madeiras etc. Especialmente se for algo que você não conhece ou não consome com frequência.
  4.  

    como-degustar-cerveja-em-4-passos_3

  5. PALADAR: No terceiro passo, preencha a sua boca com a cerveja e deixe ela passear um pouco. Tente identificar os gostos básicos (amargo, azedo, doce, salgado e umami) que está sentindo. Perceba a carbonatação e o “peso” da cerveja na língua (corpo). Agora engula a cerveja. Que gostos sobram na boca? Estes gostos finais compõem o que se chama de retrogosto.
     
    Dica: Gosto não é o mesmo que sensação de boca. Existem apenas 5 gostos básicos, que estão relacionados ao paladar. Já as sensações de boca como corpo, carbonatação, textura e picância estão relacionadas ao tato.

  6.  

    como-degustar-cerveja-em-4-passos_4

  7. FINAL: Chegamos na última etapa. Aqui vale a sua percepção da cerveja como um todo. Ela é uma cerveja refrescante? Os seus sabores são equilibrados? Como é a intensidade dos gostos? E a sua complexidade? Essas e outras perguntas ajudam a melhor entender e avaliar a sua cerveja. Vale ainda pensar, com o que a cerveja poderia harmonizar? E principalmente: você gostou da cerveja?
     
    Dica: Pode ser um pouco difícil responder a todas essas perguntas quando se está começando. Neste caso, fazer a degustação com alguém mais experiente pode ajudar muito.


Simples, não é? Agora é só garantir as cervejas na loja Mestre-Cervejeiro.com mais próxima, chamar os amigos e partir pro abraço.

Boas degustações, saúde!


0 Comments

Post your comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>